Galeria: Um Grito por Elas

Eventos GEM  /   /  Por Equipe GEM

No dia 27 de julho de 2016 o Grupo de Estudo e Pesquisa em Gênero e Mídia lançou a plataforma de denúncias de violência sofrida por mulheres dentro da Universidade Federal da Paraíba. A proposta de dar voz e visibilidade para um problema diário na vida de mulheres, ganhou a parceria do Instituo Avon e da ONU Mulheres, representados por Mafoane Odara e Amanda Lemo, respectivamente, que compuseram a mesa de debate para que o assunto fosse amplamente discutido e problematizado.

Amanda Lemos, representante da ONU, é coordenadora da campanha “O valente não é violento”, que busca conscientizar os homens do seu papel de protagonista na desigualdade de gênero e na violência contra a mulher, convidando – os a mudarem seus paradigmas e juntaram-se a nós na busca por equidade e paz.

Mafoane Odara, representante do Instituto Avon, virá debater os dados coletados na pesquisa realizada, em que 70% das universitárias no Brasil afirmam já ter sofrido algum tipo de violência− assédio sexual, coerção, violência sexual, física, desqualificação intelectual e agressão moral/psicológica – em espaços acadêmicos.

Além disso, o GEM contou com  a participação OAB Paraíba, por meio da Comissão de Combate e Impunidade contra a Violência a Mulher, que irá contribuir com as dúvidas das vítimas. Estiveram presentes ainda a coordenadora da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana da Paraíba, Gilberta Soares e a vice-reitora da UFPB, Bernardina Freire.

A estudante Laiana Maiara abriu o evento com a performance Um Grito por Elas e a dupla AfroNordestinas, Kalyne Lima e Julyana Terto encerraram o lançamento com suas músicas de rap.

 

Confira a nossa galeria:

Relacionados

Calma, amiguinhos! Estamos ajeitando aqui.

Deixe um comentário